Artigos

Como usar a Nutrição para Acelerar a Recuperação

Na maioria dos eventos esportivos, o glicogênio muscular (a forma na qual o carboidrato é armazenado no organismo) é o combustível mais usado para produzir energia durante o movimento. Assim, com o aumento da duração do exercício, aumenta a probabilidade dos estoques de glicogênio muscular se esgotarem até que os músculos não consigam mais atender a necessidade de energia, o que causa a fadiga.

Se o glicogênio usado não for reposto antes do próximo dia de treino ou da próxima competição, pode ocorrer comprometimento do desempenho. A desidratação é outro fator que pode causar queda do desempenho, principalmente se não forem adotadas estratégias adequadas de reidratação.

Assim, para a elaboração das estratégias nutricionais de recuperação é importante considerar os seguintes pontos:

- tempo necessário para recuperação

- demanda da sessão anterior de exercícios

- demanda da próxima sessão ou competição

Os exemplos abaixo são para atletas que passam por um programa diário intenso ou que competem diariamente em torneios.

 

ESTRATÉGIAS DE RECUPERAÇÃO NUTRICIONAL

Duração da Recuperação: 24 horas
Quando os treinos terminam no período da manhã, os atletas devem descansar o restante do dia para repor os estoques de glicogênio e reidratar.
Imediatamente após o treino, é importante consumir uma bebida esportiva que forneça cerca de 1 g de carboidratos/kg de peso corporal e beber a mesma quantidade em intervalos de hora em hora até a próxima refeição. As refeições do restante do dia devem conter carboidratos o suficiente para que a ingestão desses nutrientes em 24 horas seja de aproximadamente 8 – 10 g/kg. Para um atleta de 80 kg, isso representaria 640 – 800 g de carboidratos para as 24 h.

Duração da Recuperação: 2-4 horas
Quando há duas sessões de treino no dia, costuma haver um intervalo de apenas 4 ou 5 horas entre elas, esse período não é suficiente para repor os estoques de glicogênio do organismo. No entanto, mesmo nesse curto intervalo, os atletas podem repor uma quantidade significativa de glicogênio. Assim, devem consumir 0,8-1,2 g de carboidratos/kg por hora em intervalos de 30 minutos para atingir a recuperação máxima de glicogênio muscular antes da próxima sessão de treinos. Uma maneira eficaz para se conseguir isso é consumir uma bebida esportiva, dessa forma, os atletas recebem tanto carboidratos quanto líquidos, o que auxilia na reidratação.
Imediatamente após o exercício, bebidas esportivas ou alimentos fontes de carboidratos facilmente digeridos devem ser consumidos, com o cuidado de não comer demais para evitar o desconforto abdominal.

Treinos Diários
Os atletas precisam conseguir lidar com dias consecutivos de treino a fim de melhorar sua condição física, desenvolver novas habilidades e permanecer saudável. Portanto, adotar uma estratégia de recuperação que se concentra na reposição de carboidratos e líquidos deve ser parte de um programa bem planejado de treino. A quantidade de carboidratos necessária no período de recuperação é de aproximadamente 5-7 g/kg de peso corporal por dia.

Fonte: GSSI (Gatorade Sports Science Institute) Brasil.
Acesse o site: www.gssi.com.br.

Voltar

FacebookBlogInstagram

Unidade Ibirapuera: Rua Bento de Andrade, 103
(11) 2507-9021 | 2507-9024

Unidade Perdizes: Rua Dr. Cândido Espinheira, 250
Fone: (11) 3368-3116

Unidade Sorocaba (somente Reabilitação):
Av. São Paulo, 3333 - (15) 4009-3333 ramal 64

© 2011-2015 Clínica Life SP. Todos os direitos reservados

L2 Midia